DNSSEC - Chave Pública da Raiz

O .br foi um dos pioneiros na adoção de DNSSEC com as primeiras zonas sendo assinadas em junho/2007. Desde então, interessados em utilizar esta tecnologia configuravam a chave KSK do .br em seus servidores DNS recursivos.

Com a assinatura da raiz do sistema DNS em 15/07/2010, recomenda-se que apenas a chave da raiz seja utilizada como Trust Anchor na configuração de servidores DNS recursivos.

A chave da raiz do sistema DNS no formato de arquivo de configuração do BIND (9.7.0 ou superior):

	 . initial-key 257 3 8 "AwEAAagAIKlVZrpC6Ia7gEzahOR+9W29euxhJhVVLOyQbSEW0O8gcCjF	
                          FVQUTf6v58fLjwBd0YI0EzrAcQqBGCzh/RStIoO8g0NfnfL2MTJRkxoX	
                          bfDaUeVPQuYEhg37NZWAJQ9VnMVDxP/VHL496M/QZxkjf5/Efucp2gaD	
                          X6RS6CXpoY68LsvPVjR0ZSwzz1apAzvN9dlzEheX7ICJBBtuA6G3LQpz	
                          W5hOA2hzCTMjJPJ8LbqF6dsV6DoBQzgul0sGIcGOYl7OyQdXfZ57relS	
                          Qageu+ipAdTTJ25AsRTAoub8ONGcLmqrAmRLKBP1dfwhYB4N7knNnulq	
                          QxA+Uk1ihz0=";
	

A chave encontra-se originalmente no site da IANA. Caso deseje fazer download e validação manual utilize o script Fetch Root Anchor.

Para maiores informações consulte os Tutoriais DNS e DNSSEC.